THEME Amor-4mor
É que eu preciso mesmo,é de todo o cuidado.
Ideologia ∞
90

“É meio que eu tenho uma pequena pontinha de esperança que você esteja sentindo a mesma coisa que eu. Vontade de falar o tempo todo, fazer brincadeirinhas, contar piada, compartilhar coisas que a gente gosta. Aquele desejo pontanto no peito que você também se sinta a vontade falando comigo e que você pelo menos fique um pouquinho feliz. Não quero que você se apaixone e coisa e etc, mas que você sinta pelo menos vontade de me ter por perto. E que as vezes você sinta vontade de me dar um abraço forte, daqueles que demoram pra soltar e que faz a gente se sentir seguro. É bom ter alguém pra você conversar sobre qualquer coisa, rir de qualquer coisa. Mas é melhor ainda quando as duas pessoas sentem a mesma coisa, tudo na mesma intensidade. Acho que nenhum dos dois está preparao e/ou querendo qualquer coisa agora. Mas gostaria que isso durasse. Esse papo todo, esse mundo de coisas incomuns em comum (gostou dessa?). Brincadeirinhas idiotas que acabam arrancando sorrisos bobos, coisa e tal.”

mrn (via psicoputa)

“Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.”

Martha Medeiros (via palavrisses)

“Esconder é fácil, difícil é deixar de sentir. O tempo ameniza, mas não cura. A novidade preenche, mas não substitui.”

Martha Medeiros. (via loveyoubutyouloveme)

“Um amigo não racha apenas a gasolina. Racha lembranças, crises de choro, experiências. Racha a culpa, racha segredos. Um amigo não empresta apenas a prancha. Empresta o verbo, empresta o ombro, empresta o tempo, empresta o calor e a jaqueta. Um amigo não recomenda apenas um disco. Recomenda cautela, recomenda um emprego, recomenda um país. Um amigo não dá carona apenas pra festa. Te leva pro mundo dele, e topa conhecer o teu. Um amigo não passa apenas cola. Passa contigo um aperto, passa junto o reveillon. Um amigo não caminha apenas no shopping. Anda em silêncio na dor, entra contigo em campo, sai do fracasso ao teu lado. Um amigo não segura a barra, apenas. Segura a mão, a ausência, segura uma confissão, segura o tranco, o palavrão, segura o elevador. Duas dúzias de amigos assim ninguém tem. Se tiver um, amém.”

Martha Medeiros. (via nitratos)

“Eu não sei, mas eu acho que eu estava tentando adiar um final que já era certo.”

Danielly Martins.   (via solenista)